HOME SOBRE O BLOG COLABORADORES CONTATO ANUNCIE
MltLS8B

Começa hoje em Belo Horizonte mais uma edição do Fashion Revolution. É a terceira vez que a cidade recebe o movimento que vem recheado de palestras e cursos na programação, inteira gratuita.

Beleza, mas o que é o Fashion Revolution e o que é que isso tem a ver com as pessoas?
Se você, assim como eu, acredita que a moda deveria ser mais bonita esse movimento é pra você.

Informal-Garment-Industry-2015-17A-700x467

“Grande parte da indústria global da moda é opaca, exploradora e ambientalmente prejudicial e precisa desesperadamente de mudanças revolucionárias. Nós amamos a moda, mas não queremos que nossas roupas venham a custo de pessoas ou nosso planeta.”

É assim que o movimento se apresenta já nas primeiras linhas do site deles.

Não vejo mais glamour em marcas caríssimas, com produtos super trabalhados e diferenciados, feitos a base de trabalho escravo. Não vejo mais glamour em marcas caras que apresentam uma coleção inspirada na marca caríssima acima e mesmo economizando em criação explora a mão de obra, coloca o valor final da “brusinha” por 800 reais por puro marketing. Lucro de 1000%. Não, não caio mais nessa.

Fashrev_impact_2-700x394

A programação do movimento começa hoje, dia 24 de abril (dia do desabamento do centro comercial em Daka em Bangladesh, onde 1124 pessoas morreram enquanto fabricavam nossas roupas) e termina no dia 30.

Durante essa semana toda o movimento instiga todos que entrem em contato com eles a se questionarem: quem fez suas roupas?

“Essa ação irá incentivar as pessoas a imaginarem o “fio condutor” do vestuário, passando pelo costureiro até chegar no agricultor que cultivou o algodão que dá origem aos tecidos” Orsola de Castro, co-fundadora do movimento.

Alguns tópicos simples que valem ressaltar sobre o evento:

. É gratuito
. Apoia o produto local
. Apoia a economia local
. Tem cursos
. Tem palestras
. É um evento que acontece no mundo inteiro e temos a sorte de poder debater sobre isso na nossa cidade.
. A moda é a SEGUNDA indústria mais poluente do mundo
. Mais de 80% dos resíduos têxteis poderiam ser reutilizados

A abertura oficial do evento é hoje no Guaja casa às 19h, de graça e sujeito a lotação.
Para saber mais sobre o evento e acompanhar toda a movimentação clique aqui.
.

Programação FRW BH

Obrigada ao Sem Clichê e aos leitores pelo espaço!
Meu coração está sempre aberto pra esse assunto e seria maravilhoso conseguir levar algum de vocês comigo.
Abraços, <3

Posts relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Layout por Gabi Barbosa + código por Tiago Gamaliel