HOME SOBRE O BLOG COLABORADORES CONTATO ANUNCIE
9124estrada

É mesmo impressionante como mudei, amigo que me conheceu há dois anos atrás.
Provavelmente porque estou mais adulta, compro o meu próprio papel higiênico e depois do dia 25 do mês junto todas as minhas moedas restantes. Sair da casa dos pais e morar sozinho faz a gente mudar muita coisa da vida para continuar mantendo um padrão que anos atrás era um sonho dourado. Mas você diz que não é só isso, que tem alguma coisa bem diferente em mim.
Será o cabelo? A risada? Engordei um pouquinho? Provavelmente. Troquei de atividade física, comecei a ler uns artigos sobre corrida, meditação e viro o nariz para dietas milagrosas. É que o saudável está na moda e acho isso incrível, já que é para o nosso bem e eu quero viver mais.
Te dizendo por alto, em dois anos devo ter acumulado umas 43 decepções, 89 crises de riso e outras 217 crises de choro. Em cada um desses eventos mudei algo para melhor. É a vida.
Me apareceu um primeiro cabelo branco (esse dia foi muito engraçado) e faz tempo que não coloco os pés naquela boate. Virei frequentadora assídua de uma outra tão legal quanto. Depois fiquei cansada de tanto trabalho e comecei a chamar os amigos para um vinho aqui em casa. Talvez eu volte aquela balada qualquer dia desses. Seria legal se voltássemos juntos, que tal? Relembrar sem julgamentos uma época que a gente viveu deve ser uma delícia.
Meu cachorro morreu, depois eu comprei um peixe e adotei um gato. Agora tenho outro cachorro e não vejo a hora de adotar mais um gatinho. Minha família e meus amigos diminuíram. Continuo com medo de morrer. Minha banda preferida não é mais a minha banda preferida (eles, inclusive, também mudaram e se separaram). Vai entender.
Mudei de emprego várias vezes e tenho passado noites em claro desde que abri meu próprio negócio já pensando no meu próximo próprio negócio. Tempos estranhos esses desde que descobri que quero ser feliz custe o que custar (com tudo custando tão alto).
Não vejo o Bruno desde que você me deu um ombro no término. Não vejo a Camila desde que ela mudou para Barcelona. Continuo pensando nos dois com carinho. Meus sentimentos em relação a situações que passei também mudam o tempo todo. Às vezes eu sinto raiva, depois eu sinto alívio, depois eu sinto distância e depois gratidão. Dizem que essa é a palavra da década. São tantas as palavras do momentos. Me perco em todas essas coisas que mudam junto comigo. Também dizem que estar perdido é bom. Sinal de que é o incômodo que leva a gente pra frente. Você também sente isso?
Quando você diz que perdi um pouco a essência, eu discordo porque ela sempre esteve aqui. A essência é estar em constante mudança. Aprendi tanto com todas as pessoas que cruzaram o meu caminho. Volta e aprende junto comigo também? Nossa, como você também mudou.

escreva perfeito/

Posts relacionados:

trabalhar-de-pijamas-home-office

Tem dias que não adianta. Por mais que você AME o que faz (ou apenas suporte, faça por dinheiro, ou para passar o tempo), falta motivação no trabalho para dar o seu melhor. É difícil sair da cama para ir trabalhar e você não entende o porquê (no fundo, você sabe). Sobre esse assunto, escrevi 5 dicas sinceras. Dessas que eu daria para uma melhor amiga passando por essa situação:

1. Não acorde em cima da hora. Você precisa de um tempo para acalmar, tomar um bom banho e um café da manhã caprichado. Comece o dia GOSTANDO de você e se dando tempo para fazer as coisas. Coloque o despertador 15 minutos mais cedo, depois 30, 45… Tome um bom café enquanto lê um site que gosta.

2. Pare de esperar por elogios. Faça o seu trabalho da melhor forma possível, sem esperar que alguém te elogie o tempo todo ou que o seu chefe diga em cada projeto “o tanto que você é incrível”. O reconhecimento vem com o tempo. Não se sinta desmotivada. O mesmo vale para projetos feitos em grupo. Dividir a alegria de uma ideia que foi um sucesso é MUITO gostoso.

3. Você vai errar. Há a possibilidade de fazer “feio” na frente do chefe, receber uma crítica que não goste ou ficar com preguiça de ter gastado tanto tempo em algo que não vingou. Peça desculpas se atrapalhar algum colega de trabalho, tenha compaixão. Essas pequenas atitudes te dão mais ânimo para trabalhar em um ambiente harmônico e de respeito mútuo.

4. Não adie os seus sonhos profissionais. Não caia no comodismo de achar que está tudo bem se você vai há meses sem motivação alguma para o trabalho. Quem sabe não seja uma boa hora para aproveitar o tempo livre tentar virar aquele projeto paralelo?

5. Aproveite cada segundo do final de semana. Descanse e recarregue as suas energias. Uma outra dica bacana é terminar os dias da semana fazendo algo que goste. Uma atividade, esporte, encontrando as amigas.

Eu não sou profissional no assunto, essas são apenas algumas dicas amadoras. Alguns artigos para buscar dicas de profissional sobre o assunto estão aqui e aqui. Espero que ajude! :)

 

escreva perfeito

Posts relacionados:

joy-on-the-beach

1. Se esforce para acordar antes do resto do mundo – comece 7h, depois 6h, depois 5h30. Vá a montanha mais próxima com um casacão e um cachecol e assista ao pôr-do-sol.

2. Se esforce para ir dormir mais cedo – comece às 11h, depois às 10, depois às 9. Acorde pela manhã se sentindo (re)energizada e confortável.

3. Tire comida processada da sua dieta. Comece com pirulitos, chips, biscoitos, depois elimine o macarrão, arroz, cereal, pão. Use a regra de que se uma criança não saberia identificar a comida, então você não pode comer.

4. Tenha o hábito de fazer um bonito café da manhã para você mesma. Cozinhe tomate, cogumelo em uma manteiga de verdade. Faça um ovo, corte um abacate fresquinho e coloque bastante limão. Senta e coma e não faça mais nada além de aproveitar.

5. Alongue-se. Comece tentando atingir o céu o máximo que puder, depois tente tocar os seus pés. Gire a cabeça, alongue os seus dedos. Alongue todo o seu corpo.

6. Compre uma garrafa de UM LITRO de água e se obrigue a beber todos os dias. Depois, tente beber duas vezes.

7. Compre um diário bonito e uma caneta preta. Escreva tudo que você faz, incluindo jantares românticos, consultas médicas, contratos, cafés, tudo que você precisa fazer. Nenhum detalhe é pequeno demais que não seja importante.

8. Tire e troque os lençóis da sua cana. Lave as suas roupas de cama. Coloque uma grande colher de um amaciante cheiroso e refaça a sua cama com tudo limpinho.

9. Organize o seu quarto. Organize as suas roupas (e coloque numa sacola tudo que não quer). Limpe o seu espelho, o seu computador, aspire o chão. Acende uma vela bonita.

10. Tome um banho luxuoso ouvindo a sua música preferida. Lave o seu cabelo, seu corpo, escove os seus dentes. Passe um creme cheiroso. Tenha intimidade com a parte interna dos seus dedos, coxas, a parte de trás do seu pescoço. Se conheça.

11. Se esforce a fazer uma caminhada. Coloque os seus fones de ouvido, vá até a praia/mato/rua e caminhe. Sorria para estranhos que andam na direção contrária e fique surpresa com o número de sorrisos que vai receber de volta. Leve o seu cachorro e observe o comportamento dele.

12. Escreva mensagens para velhos amigos contando velhas piadas internas. Relembre. Sugira de se encontrarem logo, mesmo que isso não aconteça. Se esforce para que aconteça.

13. Reflita sobre os seus interesses mais pessoais. Crime? Sexo? Comidas vegetarianas? Grafite? Unhas postiças? Encontre um livro ou um artigo que fale a respeito disso. Tem alguém falando sobre isso.

14. Se transforme na pessoa que você se apaixonaria. Deixe os carros entrarem na sua pista enquanto dirige, pague o bilhete do estacionamento de alguém, brinque com bebês. Elogie a roupa das pessoas. Se desafie a não “zoar da cara” de ninguém durante um dia inteiro. Depois, uma semana. Ande com a postura ereta. Olhe as pessoas nos olhos. Pergunte a história das pessoas. Faça os seus conhecidos se transformarem em amigos.

15. Deite na luz do sol. Sonhe sobre a vida que você levaria se “fracassar” não fosse uma opção. Abra os seus olhos. Vá devagar, em pequenos passos. Faça acontecer.

Tradução adaptada do texto da EmmaElsworthy.com

escreva perfeito

Posts relacionados:

Layout por Gabi Barbosa + código por Tiago Gamaliel